Open Conference Systems, IX Congresso Nacional de Administração e Contabilidade - AdCont 2018

Tamanho da fonte: 
A Escola como Ambiente Obesogênico- As Influências sobre a Alimentação Infantil, a partir da Vulnerabilidade do Consumidor
Cristiane Silva do Nascimento Pereira, Denise de Franca Barros, Marcus Wilcox Hemais

Última alteração: 2018-09-10

Resumo


Neste trabalho, buscou-se identificar quais são as principais influências que contribuem para o consumo infantil de alimentos obesogênicos nas escolas. Para isso, foram feitas 17 entrevistas em profundidade com diferentes agentes presentes nesse mercado, na cidade do Rio de Janeiro, que permitiram entender os mecanismos por trás de tais influências. Os sujeitos de pesquisa incluíram diretores de escolas, donos e administradores de cantinas escolares, pais, professores, publicitários e responsáveis pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária e pelo Conselho Regional de Nutrição. A partir da análise dos dados, é possível compreender que a vulnerabilidade infantil é crescente no Brasil, em grande parte devido à existência de uma estrutura mercadológica impulsionada pelo sistema de marketing desenvolvido por grandes empresas, fazendo com que o consumo de alimentos obesogênicos cresça e, proporcionalmente, as organizações alimentícias

Texto completo: PDF