Open Conference Systems, IX Congresso Nacional de Administração e Contabilidade - AdCont 2018

Tamanho da fonte: 
Programa Dinheiro Direto na Escola: relação do perfil do gestor escolar com o processo de prestação de contas do recurso
Raize Rayka Silva dos Santos, Ednei Morais Pereira

Última alteração: 2018-10-08

Resumo


O presente trabalho buscou identificar a relação entre o perfil dos gestores das escolas vinculadas a Subsecretaria Metropolitana de Educação de Goiânia-GO e o processo de prestação de contas do Programa Dinheiro Direto Na Escola (PDDE). Para isso, foi construído um questionário a partir da literatura sobre o processo de prestação de contas. A amostra foi composta por 30 gestores das escolas vinculadas a Subsecretária Metropolitana Regional de Goiânia-GO, que receberam a verba do PDDE no ano de 2017. Para análise dos dados, utilizou-se estatística descritivas, baseada na distribuição de frequência e testes não paramétricos: QuiQuadrado de Independência e Coeficiente de Contingência V de Cramér. Os resultados mostraram que os gestores que apresentam de 10 a 30 anos tempo de trabalho (na rede estadual de educação) buscaram maior participação em cursos de formação, os gestores que apresentam de 01 a 03 anos na gestão da unidade escolar foram também os que relataram possuir maior domínio em classificar os gastos em custeio e capital e os gestores com menos tempo de experiência em gestão são os que apresentam menor experiência com gestões anteriores. Sugere-se a aplicação do questionário aos gestores das escolas que apresentaram inadimplência na prestação de contas do recurso do PDDE nos anos de 2016 e 2017, a fim de identificar a diferença dos resultados entre os gestores das escolas adimplente e das inadimplentes quanto a prestação de contas do PDDE.

Texto completo: PDF