Open Conference Systems, IX Congresso Nacional de Administração e Contabilidade - AdCont 2018

Tamanho da fonte: 
FIES, Política Pública de Inclusão. Para Quem? Uma Análise de Casos Múltiplos
Ana Paula Medeiros Bauer, Maria Nair Rodrigues Salvá, Rejane Prevot Nascimento

Última alteração: 2018-09-10

Resumo


Esta pesquisa tem por objetivo discutir o FIES enquanto política pública, a partir de uma reflexão crítica sobre seu impacto no setor de ensino superior. Para tanto, foi feita a análise de dados do setor e das IES de capital aberto; apoiando-se, ainda, esta análise, nos relatórios sobre o FIES realizados pelo TCU e pela Secretaria de Acompanhamento Econômico/MF, bem como na literatura existente sobre o tema. O aporte teórico está baseado na discussão acerca da entrada do capital estrangeiro nas IES privadas brasileiras; sobre a contribuição do FIES na prevalência da hegemonia privado-mercantil; e, por fim, sobre a consolidação da estrutura das IES de capital aberto e a importância do FIES para estas instituições. Os resultados indicaram que há a necessidade de se rever o processo desordenado de desnacionalização das IES brasileiras, de se repensar os mecanismos de colonialidade nos quais se estruturara a lógica universitária, representados pelos processos de privatização, oligopolização e financeirização do mercado educacional brasileiro. O atual cenário mostra a interação de atores para além do Estado, favorecendo a hegemonia dos discursos e das políticas neoliberais, em detrimento da qualidade do ensino e pesquisa e da realidade social no país.

Texto completo: PDF