Open Conference Systems, IX Congresso Nacional de Administração e Contabilidade - AdCont 2018

Tamanho da fonte: 
UM ESTUDO SOBRE EVIDENCIAÇÃO AMBIENTAL E PRÁTICAS DE GOVERNANÇA CORPORATIVA DOS SETORES DE PETRÓLEO, GÁS E BIOCOMBUSTÍVEIS; CONSUMO NÃO CÍCLICO E UTILIDADE PÚBLICA DE EMPRESAS LISTADAS NA B3 (BRASIL, BOLSA E BALCÃO)
Vinícius Rodrigues Benevides

Última alteração: 2018-10-08

Resumo


A ligação das empresas com questões ambientais estão cada vez mais presentes no nosso cotidiano, pois os impactos de suas atividades estão comprometendo o futuro do planeta, fazendo com que todos os setores divulguem mais informações em prol da responsabilidade ambiental, visando integrar dentro das organizações desenvolvimento econômico, preservação do meio ambiente e governança corporativa. Nesse sentido a pesquisa teve por objetivo coletar dados de natureza ambiental e de governança corporativa, tendo como foco específico organizações do setor de Petróleo, gás e Biocombustíveis; Consumo não Cíclico, e Utilidade Pública de capital aberto que publicam suas demonstrações contábeis, por se tratar de setores relativamente impactantes ao meio ambiente e a sociedade. Utilizou uma abordagem descritiva por meio da análise documental, com abordagem quantitativa dos dados, sendo possível cumprir os objetivos deste artigo. A pesquisa foi classificada como documental porque utilizaram informações das notas explicativas, relatórios da administração e relatórios de referência como fonte de dados para análise do período de 2016, coletadas nos endereços eletrônicos da B3 – Brasil, Bolsa e Balcão, e nos sites das empresas. Os resultados encontrados permitem afirmar que, no período analisado, as empresas do setor de Utilidade Pública apresentaram as melhores médias de atendimento aos itens analisados tanto de evidenciação ambiental quanto de governança corporativa. E que correlacionando as variáveis dentro de cada setor, temos destaque apenas para as empresas pertencentes ao setor Consumo não Cíclico, ou seja, nesse setor as empresas que evidenciaram mais informações ambientais foram as que apresentaram melhores práticas de governança corporativa.

Texto completo: PDF